ASSOCIAÇÃO SHAOLIN KUNG FU DE ARTES MARCIAIS

CONFEDERAÇÃO INTERESTADUAL DE KUNG FU OPEN BRASIL DE ARTES MARCIAIS

Garra de Águia

A ORIGEM DO GARRA DE ÁGUIA

GARRA DE ÁGUIA Ás técnicas do estilo é inspirado nos movimentos da aguia, garras fortissimas, técnicas versateis, movimentos suaves do corpo, combinado elasticidade e força com graça e beleza, através de movimentos fluidos e circulares, permitindo a definição, tonificação e fortalecimento de todo o corpo. A utilização de socos, golpes com palma, chutes e rasteiras são caracteristicas do estilo, bem como saltos acrobáticos. O sistema Garra de Águia e famoso por suas 108 técnicas de luta, que formam o seu coração. É baseado na técnica de chaves agarramentos em pontos de pressão e imobilização das articulações, utilizando para este fim a teoria do Yin e Yang – força suave e dura. Isto habilita o praticante a defender sua integridade fisica, independentemente do tamanho ou força do oponente. A História do nosso estilo começa com um menino órfão de pai, criado pela mãe viuva. Seu nome era Ó Fei. Quando pequeno , Ó Fei tinha um padrinho e professor Chamado Chow, com o qual estudava caligrafia, literatura, matemática, desenho, enfim, fazia os seus estudos em geral. Esse professor (Chow), foi aluno dos monges do Tempo de Shaolin e, além de outras coisas, aprendeu com ele diversas técnicas diferentes de Kung Fu e, dentre elas, os movimentos da Águia. Naquela época, Na China, não haviam escolas primárias. As crianças aprendiam as primeiras coisas básicas com os pais. Depois, era contratado um professor particular, que lhes ensinaria todas as matérias em geral. Ó Fei, começou seus estudos com a mãe e terminou -os com Chow. Além, das diversas disciplinas que aprendeu , Chow enisnou-lhe tambem as mesmas técnicas de Águia que haviam aprendido no Templo de Shaolin. Por este motivo podemos afirmar que o estilo Garra de Águia, veio, embora indiretamente, do templo de shaolin. Dizemos indiretamente por que quem criou e fundou o estilo oficialmente que hoje praticamos, foi Ó Fei. Poderiamos dizer, portanto que Ó Fei ” Aperfeiçoou” o estilo Garra de Águia.

Já adulto, no ano de 1.123 DC, Ó Fei tornou-se um general do exército chinês e treinava seus oficiais na pratica do Kung Fu, para que estes, por sua vez, enisnassem a todos os soldados.Nas batalhas que Ó Fei participou, sempre foi bem sucedido, vencendo todas.Era um excelente guerreiro e muito inteligente disciplinado e justo. Um homem que hoje chamariamos de “traidor” nome Tchan Kui era conselheiro da corte. Estes, não suportavam a fama de Ó Fei, resolveu prejudicá-lo com calunias perante ao Rei Sung, por sua vez, era um soberano jovem, inseguro e fraco, que acreditava em tudo o que os outros

diziam. Sem procurar saber se o que ouvira era verdade ou não, mandou chamar Ó Fei nso campos de batalha . Como estavam em plena guerra (o que, naquela época, era comum), Rei Sung precisou chamar Ó Fei doze vezes, porque o general estava lutando. Quando este chegou ao palácio, com seu filho Wan (que acompanhava nos campos de batalha) e seus soldados, que nada desconfiou. Sem saber porque, foram aprisionados pelos guardas do Rei. Levados a presença de Sung, ficaram sabendo dos acontecimentos e Ó Fei disse que tudo aquilo não passavam de calunias criados por Tchan Kiu. Sung, influenciado pelas más intenções de Tchan Kiu setenciou todos a morte. Isso revoltou os soldados de Ó Fei , que lhe propuseram acabar com as tropas do Rei, para se livrarem. Realmente utilizando-se das técnicas de Kung Fu Garra de Águia que conheciam seria facil faze-lo. Mas Ó Fei acalmou os soldados e disse que, mesmo que o rei estivesse errado, eles pertenciam ao exército e deveriam dar um bom exemplo. Pediu aos soldados que respeitassem a vontade e as ordens do Rei. Desta forma, foi assassinado, aproximadamente em 1.143 DC, junto com sua familia injustamente.

Ó fei dava aulas apenas no exército. Após a sua morte, seus alunos passaram a ser perseguidos pelo Rei, influenciados por Tchan Kiu e eram obrigadosa esconder-se, para não serem pegos, Sendo assim, o estilo Garra de Águia desapareceu por algum tempo. Todos que conheciam o estilo, não poderiam falar, para não serem mortos.
Alguns anos apareceu um monge de nome Lai Tchin que afirmou ser a conitnuação de Ó Fei. Este monge ensinou outro de nome Tao Tchai. Até esta época, o estilo usava mais técnicas de garra. Tao Tchai, por sua vez, ensinou o monge Fan Sen. Fa Sen acrescentou mais técnicas de pernas e saltos mortais, deixando, desta forma, o estilo Garra de Águia muito mais completo. Foi o primeiro monde a ensinar fora do Templo de Shaolin, após a morte de Ó Fei.

Sob o regime de outro império, Fan Sen começou a ensinar mestre Lau Si Chang, que era natural de Hon Wen (norte da China). Este foi um dos maiores divulgadores do estilo na China, porque também era um general do exército. Ficou diretamente na capital (Pequim) ao lado do Rei, do qual recebia ordens. Lau Si Chang ensinou dois sobrinhos: Lau Tat Fun (Pequim) e Lau Seng Yao (Hon Wen). Ao mesmo tempo Lau Si Chang ensinou também dois irmãos : Kay Sam e Kai Sei (ambos de Pequim) Desta geração de quatro alunos, a divulgação do Garra de Águia só teve conituação com mestre Lau Sen Yai, porque os outros tres não ensinaram niguem.

Por sua vez Mestre Lau Seng Yai, sobrinho de Lau Si Chang, ensinou se próprio filho Lau Kay Man (Norte da China) e seu sobrinho Chan Tii Tchen. Nessa época, ao sul da China, foi organizada a 1ª Federação de Kung Fu. Quem cuidava da matriz da Garra de Águia era o Mestre Lau Kay Man, filho de Lau Seng Yao e como não poederia deixar a matriz, mandou para o Sul da China Chan Tii Tchen seu primo. Chan Tii Tchen foi o primeiro divulgador do estilo Garra de Águia ao Sul da China. Com isto, Mestre Chan Tii Tchen tornou-se muito famoso na região. Todas as federações o convidaram para dar aulas, mas sozinho ele não poderia faze-lo. Desta forma, Chan Tii Tchen pediu ajuda para a matriz e Mestre Lau Kay Man para ajuda-lo na Federação do Sul. Ele foi mas, nessa época ” estourou” 2º Guerra Mundial e Mestre Lau Fat Moun deixou o Sul da China e foi para Hong Kong, tentando evitar os horrores da guerra. Uma vez em Hong Kong, fez tanto sucesso, que chegou ao ponto de ser respeitado como o Rei da Águia.

Beneficios do Garra de Águia

-controle de peso corporal;
-aumenta a resistencia fisica;
-melhora a força muscular;
-aumenta flexibilidade;
-aumento da auto-estima;
-aumenta o bem estar;
-auxilia na prevenção e redução do estresse;
-raciocínio rápido;
-perda do medo;
-desenvolvimento da garra força e determinação;

Rolar para cima